A SEFAZ-DF exige que se cumpra algumas etapas de teste no seu servidor de homologação até que seja autorizada o uso em produção do sistema aplicativo da Empresa. O teste envolve; na primeira etapa: Emissão, aprovação de 300 (trezentas) NF-e e cancelamento/inutilização de até 30 NF-e, na segunda etapa: Emissão simultânea de uma NF-e para cada NF modelo A1 emitida pela Empresa durante um período de 30 dias.

Na minha opinião, emitir as 300 NF-e e em seguida inutilizar e cancelar algumas NF-e; está até coerente; agora, emitir as NF-e simultâneamente exige que a Empresa tenha um CPD para organizar esse processo ou que a Software House se responsabilize pela homologação de cada cliente dela; já que a maioria das pequenas empresas não possuem CPD. Agora, para que tudo isso se a validação do schema e a validação da NF-e pelo web service já garante a integridade do documento?.

Baseado numa experiência nossa atual; estávamos homologando o sistema para um cliente nosso do DF e, cumprimos a primeira etapa; em seguida iniciamos a segunda etapa (fazendo um backup das NF A1 emitidas pelo cliente no dia e reemitindo no formato NF-e no final do dia). Fizemos isso por 28 dias seguidos sem problemas (exceto o tempo perdido é claro!); até que…

No dia 05/11/2008 a SEFAZ-DF trocou o programa do servidor de homologação e o sistema parou de funcionar. Inclusive a consulta do processo de homologação que era feita no site também, até o momento, não funciona mais (dá erro!). Contactamos a mesma e, com muito custo nos informaram que os endereços (URL) do servidor haviam sido trocados (no site não havia é nem deve haver até o momento tal informação). Trocamos as URL e o serviço continuou não funcionando. Após várias tentativas de contato, eles simplesmente repetiam o mesmo e-mail (use os novos endereços).

Contatamos o pessoal que desenvolve a NFE_UTIL.DLL (a qual estamos usando no momento) que muito profissionalmente nos atenderam e, de início também sem saber o que estava ocorrendo no DF. Ontem nos avisaram via e-mail que havia uma nova versão da biblioteca disponível porque verificaram que o novo servidor da SEFAZ-DF não segue os padrões do projeto da NF-e e como eles também não acreditam numa solução rápida para o problema, modificaram o código para poder resolver esse caso; ou seja, será necessário alterar as funções para chamada para o servidor sempre que for o servidor de homologação do DF (detalhe o de produção segue o padrão). Veja os detalhes da nova versão aqui…

Imagine agora, se cada UF resolver modificar o projeto à revelia, vão transformar o projeto da NF-e num verdadeiro “ninho de gatos”; assim como a DF está fazendo com a NF-e e, já o fizeram com o Sintegra, Livro Eletrônico, etc.

Tags: